Ouça a M80, faça o download da App.
Redação
19 junho 2024, 16:25
Partilhar

Laurie Anderson inspira-se em heroína da aviação para novo álbum

Laurie Anderson inspira-se em heroína da aviação para novo álbum
Luca Bruno (Associated Press) - arquivo de 2016
Redação
19 junho 2024, 16:25
"Amelia" sai a 30 de agosto e é o primeiro álbum em nove anos da artista.

A artista nova-iorquina Laurie Anderson vai lançar a 30 de agosto o seu novo álbum, "Amelia", inspirado na pioneira da aviação Amelia Earhart (1897-1937). A violinista teve como base documental para as 22 faixas de "Amelia" os diários escritos pela aviadora norte-americana e os telegramas escritos ao marido (o editor e escritor George P. Putnam), além do que Laurie Anderson imaginou sobre o que uma mulher "a voar à volta do mundo poderia estar a pensar" - escreve em comunicado.

Há já um tema que se pode ouvir deste disco, 'Road to Mandalay'. Laurie Anderson compara nesta faixa as libertações da personagem do poema de Rudyard Kipling na antiga Birmânia (atual Myanmar) e do que terá sentido a aviadora Amelia Earhart durante as suas aventuras. Anohni (anteriormente conhecido como Antony Hegarty, dos Antony and the Johnsons).

Amelia Earhart tornou-se na primeira mulher a fazer a travessia aérea do Atlântico. O seu desaparecimento durante a circum-navegação mundial em 1937 - tal como o co-piloto Fred Noonan - tornou-a ainda mais lendária. A aviadora inspirou também outras artistas, como Joni Mitchell, que escreveu uma canção, publicada em 1976, intitulada 'Amelia': "I slept on the strange pillows of my wanderlust/I dreamed of 747s/Over geometric farms/Dreams Amelia", canta na parte final a artista canadiana.

Amelia Earhart também inspirou brinquedos, como modelos da Lego ou até uma boneca da Barbie.

Laurie Anderson tem como último álbum a banda sonora do seu próprio documentário, "Heart of a Dog", de 2015. A performer, pensadora e artista de spoken word tem como hábito os discos conceituais.